Arte, gastronomia, cervejas artesanais. Uma noite marcante. Uma experiência diferente. A Krug Bier promoveu em parceria com a CasaCor e o renomado artista plástico Fernando Pacheco um evento bem especial – Uma Live Painting (pintura ao vivo). Um seleto grupo de convidados foi escolhido para participar do evento. A proposta era enquanto Fernando construía sua obra que partiu de uma tela em branco e terminou em uma linda pintura, os presentes harmonizavam cervejas da Krug com a arte e uma completa mesa de frios.

Entre os rótulos estavam a German Pils, campeã de vendas da Krug, pra recepcionar os ilustres convidados. Depois, Alfredo Figueiredo, criador da linha de cervejas especiais Expressionista, e mestre cervejeiro da Krug Bier, explicou o conceito de cada cerveja da linha com o titulo de cada rotulo e a referencia em um quadro que inspirou cada item da linha da Krug Bier. Fabiana Bontempo embaixadora da marca, orientou as harmonizações que contaram com a session IPA Submissão, a Tripel Inocência, a cerveja Rancor, que é uma IPA e por fim a Remorso, que é uma poderosa Russian Imperial Stout.

Fernando Pacheco destacou seu processo criativo, sobre pintura, sobre arte, e iniciou a  pintura em uma tela em branco, sem esboço prévio interagindo em comentários com o público, até a finalização da mesma, sempre participando da degustação das cervejas, fonte de inspiração extra para o artista. A pintura, figurativa da série “Pianista”, onde cada figura tem infinitos outros significados, tem como proposta ser território de diálogo com a fantasia de cada uma das pessoas presentes.

No final, houve um leilão e o quadro, pintando totalmente durante a harmonização foi arrematado por representantes da CasaCor por R$ 4 mil.

Belo Horizonte recebeu, até 03 de setembro, a 28ª edição da CASACOR Minas. Entre os parceiros locais, a Krug Bier foi a cerveja oficial. Cervejaria pioneira em Minas Gerais, a marca prepara ações para a mostra e destaca importância participar de um evento tão relevante, com renome de âmbito nacional

As cervejas estavam disponíveis nos três pontos de venda dentro da mostra. No Urulu Café, no restaurante Chef e o Cabra e no Jangalito.

Fernando Pacheco renomado e premiado artista mineiro. Sua trajetória artística passa pelos principais museus do país, tais como MAM, MAC e Pinacoteca de São Paulo; MAM e Galeria da Academia Brasileira de Letras, Rio de Janeiro; Palácio das Artes e MAP, BH e demais Museus de diversas capitais, incluindo o MARGS, de Porto Alegre(Exposição Brasil Pintura).

Sua obra integra coleções e acervos institucionais nacionais e internacionais, tais como Ministério da Cultura da China e Escuela Superior de Musica Reina Sofia, de Madrid/Espanha. Fernando Pacheco criou a logo para coleção de livros de arte e filosofia, para a editora francesa L’Hamartan. Expôs sua obra em importantes museus e galerias, no Chile, Argentina, Estados Unidos, Alemanha, Portugal, Nova Zelândia, Taiwan, China e Japão.

Coroam essa brilhante trajetória, sessenta anos de carreira, 60 exposições individuais e painéis em importantes espaços públicos como no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte. Foram publicados 6 livros sobre sua importante atividade artística. Este ano foi lançado filme documentário  longa metragem sobre sua trajetória: “Fernando Pacheco – Atelier em Movimento”. De acordo com o escritor Bartolomeu Queirós, Fernando Pacheco tem seu espaço definitivamente marcado no movimento artístico Nacional.